top map
Notícias
Conferência - Jorge Ferreira de Vasconcelos na Biblioteca Nacional
Publicada em 07-09-2015
No âmbito das comemorações do V Centenário de Jorge Ferreira de Vasconcelos, Silvina Pereira, Comissária da Exposição Jorge Ferreira de Vasconcelos – Um Homem do Renascimento, apresenta no próximo dia 9 de Setembro, pelas 18h30, a conferência Jorge Ferreira de Vasconcelos na Biblioteca Nacional.

“Amor, em ti se encerram a verdade, a mentira, a fraqueza e a força. Tu reinas em todo o género animal, na terra e no mar, e nenhum dos deuses escapou de tua tirania.”

In Comedia Eufrosina, Jorge Ferreira de Vasconcelos

A vida e obra do comediógrafo, a teatralidade da sua obra dramática, os desafios colocados pela encenação do teatro clássico, nomeadamente do repertório clássico português, serão alguns dos temas abordados. Após a Conferência seguese uma leitura encenada de algumas cenas da Comedia Aulegrafia de Jorge Ferreira de Vasconcelos pelos atores Álvaro Faria, Augusto Portela e Júlio Martín, que integram ou colaboram regularmente com o Teatro Maizum.

A propósito desta comédia, ainda inédita nos palcos portugueses, Silvina Pereira afirma que “Em meados do século XVI, Jorge Ferreira de Vasconcelos, com esta sua Comedia Aulegrafia, oferece-nos, com fina agudeza, um retrato crítico da corte. O mundo transformou-se num lugar perigoso, absurdo e desconcertante, e as suas personagens respiram, nesse mundo áulico, ambição, intriga e mentira. O que impressiona nesta comédia quinhentista é a atualidade dos temas, desde o político até ao amoroso, bem como a visão expressa de que o tempo é de crise – “e crise implica mudança, alteração de paradigmas”. Nela se respira a experiência do engano e da deceção, a crise de valores, o mundo às avessas, que parece tudo fazer ruir”.

A conferência integra-se na Exposição, que encerra no dia 11 de Setembro. Outras atividades têm decorrido no V Centenário, nomeadamente um Atelier de Teatro Renascentista, em Outubro de 2014 a FCG, uma Conferência na Academia das Ciências de Lisboa, um Colóquio Internacional na Fundação Calouste Gulbenkian e a Exposição na BNP inaugurada a 15 de Maio passado e cujo Catálogo sairá no próximo mês de Outubro. Outras iniciativas neste âmbito estão ainda previstas até 2016, nomeadamente a estreia mundial da Comédia Aulegrafia.

Jorge Ferreira de Vasconcelos, comediógrafo português (n. Lisboa/Coimbra? 1515/1525? m. 1585) é um artista do Renascimento cujos dotes de escritor se comprovam com a leitura das suas obras, e que concorreu significativamente para o enriquecimento do teatro português, tendo suscitado o entusiasmo dos seus contemporâneos, atestado pelas muitas leituras e edições de que a sua obra foi objeto.

O V Centenário de Jorge Ferreira de Vasconcelos é um projeto promovido pela investigadora Silvina Pereira, atriz, encenadora e dramaturgista, fundadora e diretora do Teatro Maizum, onde tem dado corpo a um projecto centrado na pesquisa, dramatização e divulgação de textos de autores portugueses, como Luís de Camões, Jorge Ferreira de Vasconcelos, Padre António Vieira, Almeida Garrett e Eça de Queirós, entre outros.

Silvina Pereira - Doutorada em Estudos de Teatro pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa com a tese Tras a nevoa vem o sol –
as comédias de Jorge Ferreira de Vasconcelos, integra como investigadora o Centro de Estudos Clássicos da mesma Faculdade, onde desenvolve, com uma bolsa da FCT, um PósDoutoramento na área do teatro clássico português, uma reflexão sobre Encenar o teatro clássico, hoje.