top map
Espectáculos
O Veneno do Teatro 2011
De Rodolf Sirera
A acção passa-se no século XVIII, no ano de 1784, no salão de um palácio. Um actor é convidado por um Marquês a fazer a representação de uma peça de teatro.

Ficha artística

  • Texto: Rudolf Sirera
  • Tradução: Júlio Martín
  • Encenação: Silvina Pereira
  • Interpretação: Augusto Portela, Júlio Martín e Isabel Fernandes
  • Figurinos: António de Oliveira Pinto
  • Fotografia: Pedro Soares
  • Imagem: João Soares Santos

Sinopse

A acção passa-se no século XVIII, no ano de 1784, no salão de um palácio. Um actor é convidado por um Marquês a fazer a representação de uma peça de teatro. O actor, ao chegar ao palácio, é recebido por um mordomo muito especial. Aborrecido pelo atraso de quem o convidou, não se dá conta que o mordomo é o próprio Marquês, que acaba por provar que também ele é capaz de criar a ilusão teatral, enganando até um profissional do teatro.

A propósito da verdade da representação teatral, num contexto social assimétrico, anterior à vigência dos princípios universais de liberdade, igualdade e fraternidade, promovidos pela revolução francesa, assistimos ao exercício abusivo do poder e à manipulação que vai ao ponto de fazer do outro um espaço pessoal de experiência.

Download

Ficha portfólio (pdf) Folha de sala (pdf)